Seguidores e Leitores deste Blog

contato, dúvidas, envio de fotos, fale conosco.

Nome

E-mail *

Mensagem *

traduza este blog

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Lagartixas: conheça os hábitos, habitat, alimentação, características e reprodução desta nossa companheira de casa.

Este lagarto provavelmente foi trazido sem querer para o nosso país, escondido em navios transportadores de escravos africanos, de onde a Lagartixa se origina. Hoje é encontrada em todo o Brasil e no mundo quase todo. Habita ambientes de florestas e rurais, sendo bastante comum dentro de nossas casas. Elas podem medir até 1, 5 cm de comprimento, têm o corpo frio e podem viver por até 5 anos. Existem pelo planeta mais de 400 espécies de lagartixas em regiões quentes, pois ainda não se conhece Lagartixa que viva em regiões frias.
As Lagartixas possuem hábitos noturnos, ficando sempre a espreita de insetos próximos a fontes de luz.
Sua alimentação passa por moscas, formigas, gafanhotos, mosquitos, traças e todo tipo de inseto que fique ao alcance  de sua boca. Elas usam sua boa camuflagem e a capacidade de se manter imóvel para terem sucesso na caça. Ficam a maior parte do tempo imóvel e esperando um inseto desprevenido. Assim como outros predadores como cobras, a Lagartixa usa a camuflagem como ataque e defesa. Assume facilmente a coloração do local onde se encontra usando processo hormonal. São lagartos muito importantes para o homem por ajudarem no combate de insetos como aranhas e os mosquitos transmissores da Dengue e da Febre Amarela. As Lagartixas, ao contrário do que muita gente acha, não são venenosas, mas podem hospedar alguns parasitas que podem causar danos ao homem e a animais de estimação. Podem carregar parasitas que transmitem, por exemplo, a Salmonella e outras doenças e coceiras de pele.
As maiores características desses bichinhos são suas patas, próprias para escalar qualquer superfície, pois possuem milhares de cílios para se grudarem em tudo. Além disso, para fugirem de seus predadores, podem deixar um pedaço de sua cauda para este predador, enquanto ela empreende fuga. Em poucos dias a cauda é reconstituída.
A reprodução desses lagartos é ovípara e contínua. As fêmeas põem entre 1 e 2 ovos por vez, durante todo o ano.
De forma geral são animais úteis ao homem, mas devemos manter distância delas, evitando tocá-las e não deixar cães e gatos tentarem caça-las.


imagens-ilustrativas-de-lagartixas.






























no link abaixo assista a uma lagartixa atacando.






texto escrito pelo autor do blog.
fotos copiadas da net.
vídeo compartilhado do you tube.

Um comentário:

  1. Olá, vc é biólogo? Tenho uma dúvida. As lagartixas aqui em casa estão morrendo porque há um verme que sai de dentro delas perfurando sua barriga na parte inferior e superior. Creio ser uma morte muito dolorosa e lenta pra pobre lagartixa. Pesquisei no google e não achei absolutamente nada sobre esse assunto. O que é e como combater? O verme perfura a lagartixa e a lagartixa morre. Como se fosse uma hosledeira dele. O verme é branco e anelado, sem pés, não se sabe onde é cabeça e onde é o aparelho excretor. E o mais importante, que inseto é esse que se hospeda na lagartixa? Resido na zona rural do vale do Paraíba em SP, próximo à Taubaté e litoral norte de SP. Saberia dar alguma explicação? Vou favoritar o site para saber se houve resposta. Encontrei uma lagartixa morta por esse verme e outra que está sendo perfurada como aquele que vi. Gosto de tê-las em casa e estou preocupada que este verme possa reduzir o número de lagartixas ou mesmo extingui-las aqui. Grata pela atenção.

    ResponderExcluir

POSTE AQUI UMA MENSAGEM.